Palermice de Bacalhau

Junho 25, 2008

Matar Animais = Partir Vidros ?

Filed under: Política,Portugal — Rui Cabral @ 5:16 pm

 =  ?!?

Quando li a noticia que um cão tinha sido mutilado e deixado sem assistência durante 24h pensei: isto é bárbaro.

Mais estupefacto fiquei quando verifiquei que o ordenamento jurídico português não contempla o crime de agressão a animais, ou seja, a única maneira de punir criminalmente é encarando a agressão como um crime de dano de propriedade.

Eu não consigo encarar a agressão a um animal como um dano de propriedade. Para mim um animal, uma vida de um animal tem um valor diferente do que a de um objecto que possa constituir a minha propriedade.

A sociedade precisa de evoluir e passar a encarar este crime de outra forma que não o dano de propriedade.

Anúncios

22 comentários »

  1. Acho muito estranho o que Moutinho afirma! A Legislação Portiuguesa pune maus tratos a animais. E se não pune o suficiente, que haja advogados que peguem nisto e levem a tribunal, criando nova jurisprud~encia para casos destes. Nas imagens, que já me fizeram vir as lágrimas aos olhos, de que se trata?

    Comentar por Rocky Balbino — Junho 25, 2008 @ 9:15 pm | Responder

  2. Ah, espere lá! A imagem é da China? Desses bandidos espero tudo!

    Comentar por Rocky Balbino — Junho 25, 2008 @ 9:16 pm | Responder

  3. É uma imagem do Oriente. A nossa sociedade tem de passar a punir este tipo de crimes de forma exemplar e não com indemnizações monetárias.

    Comentar por Rui Cabral — Junho 25, 2008 @ 10:05 pm | Responder

  4. Sem dúvida meu amigo! No Oriente, a violência contra os animais e contra as pessoas andam a par. Este caso da ceifeira não irá passar impune. Vamos fazer barulho, vamos questionar as autoridades!

    Comentar por Rocky Balbino — Junho 25, 2008 @ 10:34 pm | Responder

  5. E galinhas, alguém pensou nelas? Enrabadas pelo galo so para terem o pescoço cortado depois de terem cagado uma centena de ovos!

    Comentar por bone vermelho — Junho 25, 2008 @ 11:33 pm | Responder

  6. Boné Vermelho,
    Não te iludas. O facto de andares sobre duas pernas e falares, não faz de ti um ser humano. De humano só tens o formato (aproximadamente). Por mim podes ir a correr para Aveiro e fazer-te trucidar por uma ceifeira mecânica, já que o caso te provoca tanta boa disposição. Entretanto também já te deves ter masturbado a contemplar a imagem de uma chinesa demoníaca aesmagar um cãozinho bébé. Põe-te debaixo de um rolo compressor.

    Comentar por Rocky Balbino — Junho 26, 2008 @ 12:25 am | Responder

  7. Animais inclui galinhas. Tal como não considero Matar Animais = Partir Vidros, também não considero Animal = Cão.

    Comentar por Rui Cabral — Junho 26, 2008 @ 8:39 am | Responder

  8. «uma vida de um animal tem um valor diferente do que a de um objecto que possa constituir a minha propriedade.»

    Havia de ser bonito! Porque é que a vida de um cão haveria de valer mais que a de um rato ou um piolho?

    Comentar por Tarzan — Junho 26, 2008 @ 9:39 am | Responder

  9. Não sei, mas consigo dizer porque é que a vida de um cão, de um rato ou de um piolho há-de valer mais do que um objecto.

    Não compreendo porque é que terá de haver distinção entre o valor da vida dos animais.

    Comentar por Rui Cabral — Junho 26, 2008 @ 9:52 am | Responder

  10. O Governo Espanhol encontra-se a debater na especialidade um lei (que quer aprovar) que atribui a uma determinada espécie de macacos os mesmos direitos que aos seres humanos.

    O tema (obviamente polémico, porque nem tanto À terra nem tanto ao mar) já levou inclusivé a associação da Guardia Civil Espanhola, a exigir para os seus associados os mesmos direitos que os macacos (um rasgo sem dúvida de fina ironia).

    Se puder ainda farei um post sobre o assunto (o tempo como bem precioso que é não tem abundado).

    Comentar por Dourado dos Santos — Junho 26, 2008 @ 10:12 am | Responder

  11. Fiquei sem saber se concordas com a nossa lei que equipara os animais a objectos.

    Comentar por Rui Cabral — Junho 26, 2008 @ 10:24 am | Responder

  12. Nem tanto à terra nem tanto ao mar. Significa que obviamente acho indecente teres uma lei que compara animais a objectos.

    Só queria realçar que lá fora já se está a debater a situação e a avançar com legislação.

    Comentar por Dourado dos Santos — Junho 26, 2008 @ 11:29 am | Responder

  13. “Lá fora” tens legislação… e “Lá fora” não tens legislação.
    No reino unido a legislação sobre isto é muito boa, já na china…

    Comentar por Rui Cabral — Junho 26, 2008 @ 1:41 pm | Responder

  14. “Eu quando posso, piro-me para Paris, aqui não me pilham! Lá fora é outra loiça! Não é verdade sr Maia? o Sr Maia sabe, o Sr Maia já esteve muito tempo lá fora!”

    Comentar por Ricardo — Junho 26, 2008 @ 1:47 pm | Responder

  15. E então? E isso significa o quê? Desculpa mas não entendo a relevância desse teu comentário.

    Comentar por Dourado dos Santos — Junho 26, 2008 @ 1:47 pm | Responder

  16. Que falares em lá fora é irrelevante.. como disse o rui, na china ( que é lá fora) a legislação é diferente..

    Comentar por Ricardo — Junho 26, 2008 @ 2:52 pm | Responder

  17. “—Sim, uma gotinha para o apetite. Vossa Excelência não toma, sr. Maia? Pois eu, assim que posso, é direitinho para Paris! Aquilo é que é terra! Isto aqui é um chiqueiro… Eu, em não indo lá todos os anos, acredite Vossa Excelência, até começo a andar doente. Aquele boulevarzinho, hem!… Ai, eu gozo aquilo!… E sei gozar, sei gozar, que eu conheço aquilo a palmo… Tenho até um tio em Paris.”

    Comentar por Paulo Rosário — Junho 26, 2008 @ 3:47 pm | Responder

  18. Rocky Balboa.
    Tanta raiva que há em ti para com os animais da mesma raça que tu. Um cao para ti é diferente a uma galinha por estares habituado a acarinhar um e comer o outro. O teu cerebro, tal como de maior parte de nos, foi programado desde a infancia que caos sao fofinhos e galinhas é um alimento.
    Agora pensa de uma forma pragmática, carne é carne, e vida é vida independente de habitar numa galinha, num cao ou até numa pessoa.

    Comentar por bone encarnado — Junho 26, 2008 @ 10:36 pm | Responder

  19. Sinceramente, alguém andou a passar por cima do cão para o comer??? Deixem-se de exemplos estupidos o cão foi morto por puro divertimento, assim como muitos adolescentes partem montras para puro divertimento, vêm aqui algum factor de comparação senão o facto de um ser um atrasado mental perfeitamente desenvolvido e os outros serem atrasados mentais em evolução…

    Comentar por Zakrio — Junho 26, 2008 @ 10:54 pm | Responder

  20. Penso que violência gratuíta deve sempre ser alvo de crítica. Mais critico um acto de violência gratuíta contra um animal que têm sido um companheiro durante grande parte da evolução do próprio ser humano.

    Comentar por Mónica — Junho 26, 2008 @ 11:15 pm | Responder

  21. Agora parece que é moda os intelectuais de merda regozijarem-se com torturas atrozes aos animais. A todos os que estão delirantes com o assassinato abjecto deste pobre animal, desejo que passeem pelo mesmo. Porque a dor que sentirão, é a mesma que o cão sentiu. Miseráveis! Quem se regozija com isto também é capaz de o fazer a uma pessoa.

    Comentar por Rocky Balbino — Junho 27, 2008 @ 12:49 am | Responder

  22. A todos e a cada um dos filhos da puta cínicos que se masturbam com estas imagens e que acham que esmagar um cão é igual a esmagar uma pulga:

    sim, os animais da minha espécie como vocês deviam ser esmagados

    e se quisrem, é s+o dizerem, que eu compareço, onde e quando quiserem para afirmar isto nas vossas caras de assassinos filhos da puta e se +possível partir-vos os dentes, seus merdosos

    Comentar por Rocky Balbino/PORTUGAL — Maio 3, 2009 @ 12:25 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta para Rocky Balbino Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: